Caminho Para o Sucesso

Caminho Para o Sucesso

Vejam o que o Chefe Osvaldo Ferraz escreveu sobre este livro:
O Lord Of Gilwell (Baden-Powell) certamente pensava fora da caixinha. Ao escrever a obra já estava colhendo os primeiros frutos do Escotismo.
Desde o titulo percebe-se a intenção em não tecer inúmeras correntes filosóficas sobre o tema. Não se trata apenas de um “CAMINHO PARA O SUCESSO”, ou melhor, trata-se de o caminho e não uma opção de caminho.
Ao navegar pelas páginas o leitor encontrará certas inverdades e falsas premissas que podem levá-lo a duvidar da intelectualidade do autor, mas cuidado! O livro foi publicado em inglês pela primeira vez, em 1922 e naquela época os costumes eram muitos diferentes (daí alguns temas como masturbação e apostas em cavalos, por exemplo).
Duas são as principais lições do livro: - Temos de remar nossa própria canoa na vida, desviando dos escolhos e sabendo qual a melhor rota tomar, e que o “Caminho para a Felicidade” é fazer os outros felizes (e anos mais tarde quem diria que “A Lei da Atração” faria tanto sucesso).
Leitura obrigatória para todos os escoteiros que queiram seguir o tradicionalismo.
Nota do leitor Tony: Como é bom olhar o sucesso de outra forma ou realmente como ele é e não como nos é colocado, como que quem tem dinheiro é porque é um homem de sucesso, e vice versa. Baden-Powell nos trás alguns métodos e conselhos de como sermos felizes, mas para isso temos que nos compartilhamos com os outros, nos dar e nos esquivar das barreiras disfarçadas de felicidade que no certo é meros prazeres passageiros.
Muito bom livro, principalmente para os jovens e adolescentes.

 Chefe Osvaldo Ferraz
em 9  de abril de 2019.
 

Sobre a edição inglesa:

Título Original: “Rovering to Success”, 1ª edição na lingua inglesa, na cidade de Londres, Inglaterra, em junho de 1922.

As diversas edições feitas no Brasil:

clique na ilustração da capa para ver e baixar com naior qualidade.

1ª Edição lançada em 1939.

Traduzido para o português por:
Armando Sá Pires,
Anibal Sá Pires e
Fernando Mibielli de Carvalho,
que eram pioneiros da Associação de Escoteiros do Mar do Botafogo Futebol Clube, liderados pelo Mestre-Pioneiro João Mós.

Obra com prefácio do Dr. Bonifácio Antônio Borba (Polvo Velho).
OBS: Clique na imagem ao lado para ver a capa original desta edição, com todas as suas marcas do tempo, que nos foi cedida pelo chefe André Torricelli. 

2ª Edição lançada em 1965.

Clique em nosso link para baixar o.PDF desta edição.

Esta edição omitiu o prefácio da obra e a informação sobre seus tradutores, que constavam na 1ª edição.
 

3ª Edição lançada em 1984.

com 2.000 exemplares.

Pouco se sabe sobre esta edição, apenas que mencionaou nas prieiras páginas que ela seria a 2ª edição, e que manteve a omissão do prefácio e informações sobre a tradução.

4ª Edição lançada em egosto de 2000.

Editada pela Região do Rio Grande do Sul, com 2.000 exemplares.
Nas primeiras folhas constava que essa obra estava de acordo com os propósitos educacionais do Movimento Escoteiro. Com capa e diagramação de: Multipla Comunicação sob coordenação da Comissão Nacional para Programa de Jovens. 
Com os recursos destinacos ao CCME Centro Cultural do Moveimento Escoteiro.

Entretando, nesta edição constou que ela teria sido a 3ª edição, mas na verdade já era a quarta edição, pelo que conseguimos apurar.

5ª Edição lançada em maio de 2007.

Esta edição foi comemorativa ao Centenário do Movimento Escoteiro.
Até a edição anterior (2.000), constava a informação de que a primeira edição seria a de 1965,
entretanto, na presente edição, passou a constar que esta seria a 5ª edição e
passaram a informar que a primeira edição foi a do ano de 1939; bem como o prefácio e informações sobre a tradução.

Baixe o PDF no link original
ou
Clique para baixar o PDF em nosso link.

6ª Edição lançada em 2013.

Esta foi a primeira edição a utilizar a nova logomarca da EB.

E segundo consegui apurar, teve a inclusão do prefácio de  Bonifacio Borba onde constava história de como o livro foi traduzido pelos pioneiros, reincluído à pedido do CCME. 

7ª Edição impressa em 2018

Ainda estou coletando informações sobre esta edição foi impressa pela UEB, no ano do centenário da criação do ramo Pioneiro.
Me informaram que esta capa seria idêntica à do ano 2.000.

8ª Edição lançada em 2018.

Esta edição foi impressa pela Região Escoteira de Goiás, não constou o número de edição (por este motivo numeramos como 8ª edição) e foi criada uma capa totalmente nova, usando uma outra ilustração, existente no próprio livro, também de autoria do fundador.

Nesta edição ocorreu uma revisão do texto, segiundo os editores,  para torná-lo mais fiel ao original; assim omitiram tanto o prefácio como a informação sobre a tradução anterior.

 

Esta página não poderia ter sido criada sem as informações dos chefes: Alexandre Banchi; Rodrigo Robleño;Cicero Silva Silva; Paulo Ricardo Sgarbiero; Luciano Trindade; Robinson Gonzales Leal; Carlos Ritter; Osvaldo Ferraz; Paulo Soller; Fernando Camargo; José Boletini Sobrinho e André Torricelli, obtidas nesta publicação do Facebook.
Página criada em 11/04/2019 e alterada em 14/04/2019.