Festas no GE

Para fazer uma festa é preciso um pouco mais que a animação dos participantes.

Festas

As festas podem se constituir em uma boa fonte de recursos, desde que bem planejadas e controladas. Devem fazer parte do calendário anual do grupo, pois é nele que estudamos as datas, adequando-a aos feriados, dias de pagamento salarial dos pais e às atividades externas das seções.
Não adianta uma festa animada, num dia em que os lobinhos voltarão cansados de uma excursão ou a data de acerto dos convites ser num feriado, sem reunião ou no dia de pagamento de uma outra atividade. E essa preocupação de planejamento deve ocorrer com todas as tarefas do antes, do durante e do depois do evento.
Às vezes, a tarefa de obter de recursos para a realização de um evento pode se constituir em objetivo de um projeto mais amplo. Ou também, você pode realizar um evento, para destinar parte do seu resultado para concretizar um projeto mais amplo.
Neste caso, podemos correr atrás de patrocínios para uma festa, aumentando os recursos por ela gerados, que serão revertidos em benefícios da entidade ou daquele projeto.
Esta forma de geração de recursos oferece alguns riscos, uma vez que, não havendo um planejamento adequado, boa experiência e organização, o evento poderá gerar prejuízo ao invés de lucros.

Campanhas

Normalmente, para uma campanha junto ao público é preciso que ela esteja ligada a uma causa, que pode ser apenas uma idéia, pode ser uma organização voltada para uma causa ou o governo defendendo uma causa.
Para realização de campanhas junto à comunidade, é importante que a organização que está promovendo a campanha seja reconhecida pelo público como útil e séria; que a causa defendida seja percebida pela comunidade como de interesse social, útil e necessária.
Campanhas objetivando a construção da sede de um Grupo Escoteiro, aquisição de barracas para a tropa ou ida a um Jamboree, somente terão sucesso quando realizadas junto ao público interno da instituição e tendo também como público alvo a comunidade que nos cerca (churrascos, festas do sorvete, da pipoca, etc.)

trabalhando uma festa

Então vamos ver como pode ser organizada uma festa.

Baixe esse arquivo, que contém várias planilhas que vão auxiliar na organização da sua festa, veja as explicações e cada uam das guias/abas:

cronograma: inicie por esta guia, pois aso preenchar nas primeiras linhas, você já vai inserir esse texto nas demais guias do arquivo. Coloque: o nome, o endereço do GE, o nome e a data da festa; valor do convite e a que ele dá direito (preencha conforme o modelo fornecido).

 

mapa: para controlar a distribuição e cobrança dos convites.

 

planfleto: para imprimir a propaganda da festa, no formato 4 por uma folha tamanho A4. 

 

cartaz: para imprimir a propaganda da festa, no formato de uma folha no tamanho A4.

circular: imprimir para enxar nos convites a serem distribuídos (veja que cada ramo tem pedido diferente).

 

convite: para imprimir o convite da festa, no formato 5 por uma folha tamanho A4. Numere tanto a área central do convite como o lado esquerdo, pois você pode destacar na entrada da festa e utilizar em sorteios. O lado direito são os tiquetes para retirar bebidas e comidas na festa.

 

tiket: para imprimir as fichas para vender tiquetes da festa, no formato 30 tiquetes numa folha no tamanho A4. Movimente sua planilha pois nas células à direita você pode contabilizar as quantidades de tiquetes.

balanço: para relatar as receitas e despesas da festa, e controlar os valores já recebidos e ainda por receber.   

 

ingredientes: para listar os ingredientes necessários para a festa. É claro esta lista deve ser de acordo com o tipo de festa que você vai fazer.

:]                                                                                                                               Criado em 16/08/2010,  atualizado em 14/02/2011.